10 destinos para conhecer na primavera

10 destinos para conhecer na primavera

A primavera é um ótimo momento para viajar. O frio do inverno aos poucos vai ficando ameno e ainda não chegou o calor ardente do verão.  Destinos incríveis entram em promoção pela baixa temporada. Então se tem a oportunidade de pegar as malas e ir, não pense duas vezes. 

 

Veja a lista dos melhores destinos para conhecer na primavera. 

 

 

PRIMAVERA NO BRASIL 

 

No Brasil, a primavera começa na segunda quinzena de setembro e vai até dia 21 de dezembro. É a época que marca uma natureza mais colorida no país, o que torna os destinos ainda mais atraentes. 

A temperatura vai aumentando conforme os dias se aproximam do verão, mas costuma ser mais amena, nem tão fria e nem tão quente.  

Paisagens mais bonitas, dias ensolarados, chuvas esporádicas e estradas mais vazias são características das viagens na primavera.  

E o que não faltam são opções de destinos nacionais e internacionais para curtir a estação em qualquer lugar do mundo. 

 

 

DESTINOS NACIONAIS 

 

 

Holambra, São Paulo 

 

O apelido já diz tudo, Holambra é a “cidade das flores”.   

Fundada por imigrantes holandeses, a cidade localizada na microrregião de Campinas, interior de São Paulo, é considerada um espetáculo natural na primavera. 

Isso porque o cultivo de flores de muitas espécies diferentes se tornou um forte da cidade e além dos campos que ficam floridos o ano todo, Holambra inteira é contagiada pelas cores das plantas na estação.  

É um passeio cenográfico! Casinhas coloridas estilo holandês completam o cenário e deixam a cidade charmosa, atraindo turistas que buscam tranquilidade e romantismo. 

Espaços culturais, moinhos de ventos (de verdade), paisagens românticas – como o Deck do Amor, nas margens do Lago Vitória Régia – arquitetura ímpar e uma culinária com traços do intercâmbio cultural, da Holanda para o Brasil, é um pouco do que Holambra pode proporcionar. 

Toda experiência é uma surpresa, mas nesse destino uma coisa é certa: é impossível não se apaixonar.  

 

Nova Petrópolis, Rio Grande do Sul 

 

Se Holambra é um pedacinho da Holanda, Nova Petrópolis nos transporta a uma Alemanha com menos neve e mais cor.  

A cidade é considerada o jardim da Serra Gaúcha e tem uma localização privilegiada para quem está se aventurando pelos tradicionais destinos do Rio Grande do Sul, conectando a Região das Hortênsias, o Vale dos Sinos e a Região dos Vinhedos. 

A arquitetura, grupos musicais e gastronomia da cidade são uma homenagem a cultura alemã, encantando os turistas com sabores e apresentações charmosas, diferentes de tudo.  

Ainda assim, fica para a natureza a maior parte das atenções. Apesar das praças e parques estarem cativados e bem cuidados o ano inteiro, é na primavera que a magia acontece. 

Procure por Labirinto Verde, Parque Aldeia do Imigrante, Jardim da Percepção, Ninho das Águias… Você vai se surpreender com a cidade e as experiências cativantes (e cheirosas) que vai encontrar por lá. 

 

 

Poços de Caldas, Minas Gerais 

 

O interior de Minas é outra sugestão que sempre vale à pena, seja qual for a época do ano, mas Poços de Caldas fica com uma beleza sem igual na temporada das flores.  

Isso porque a cidade possui uma variedade de praças e jardins muito bem cuidados, inclusive um relógio e um calendário florido, planejado por paisagistas, que na primavera desabrocham e viram plano de fundo de muitas fotos. 

Muito além disso, Poços é uma cidade que respira todo o interior mineiro: receptiva, charmosa, com muitas atrações naturais, culinária tradicional e o clima ideal para qualquer atividade. 

Por lá você vai encontrar cachoeiras, como a famosa Véu de Noiva, teleféricos, mirantes, rampa para saltar de parapente e, não podia faltar nos destinos mineiros mais tradicionais, barzinhos, música boa e tira-gostos maravilhoso. 

Pode se preparar para sair de lá com uma sacola de doce de leite, muitas fotos bonitas e uma vontade gigante de voltar. 

 

 

Brumadinho, Minas Gerais 

 

Impossível falar de passeios fora de temporada e não lembrar do maior museu a céu aberto do mundo, bem no coração de Minas Gerais. 

Há aproximadamente 1 hora de BH, na cidade de Brumadinho, está o Instituto Inhotim, um museu e jardim botânico que coleciona mais de 700 obras contemporâneas, de artistas do mundo todo, e cerca de 4 mil espécies botânicas.  

A experiência no espaço é única e só quem já foi poderá descrever as sensações de caminhar pela natureza, se deparar com obras disruptivas e emocionantes, entrar em uma galeria ou outra cheia de surpresas e perceber que ainda tem muito mais. 

Sim, o Inhotim é gigante! A infraestrutura conta com opções de visitas guiadas, mas o ideal pra conhecer cada cantinho de lá é dedicar todo o fim de semana a essa experiência.  

As opções de pousadas e gastronomia em Brumadinho já se prepararam para quem quer conhecer o museu afundo e existem muitas atrações de lazer na cidade. 

 

 

Curitiba, Paraná 

 

Saindo dos interiores, uma sugestão que sempre entra nos roteiros pelo Brasil envolvendo natureza é nada mais, nada menos, que a “capital ecológica” do país.  

Curitiba ficou conhecida assim por ser uma cidade grande, com mais de 2 milhões de habitantes, mas com uma educação ambiental diferenciada e mais de 30 opções de parques, bosques e áreas verdes.  

Imagina como a primavera dá o que falar quando a vegetação começa a se transformar? 

Além disso, Curitiba é um centro cultural importante, com muitas opções de museus, teatro, atrações musicais, feiras de artesanato, de comida regional e muito mais. 

É a cidade mais inteligente do Brasil e por isso é fácil se locomover, encontrar lugares interessantes, se divertir e ainda passear pelos pontos turísticos, usufruindo da logística bem pensada que, inclusive, oferece transporte público dedicado as rotas turísticas.  

Fica a dica! 

 

 

DESTINOS INTERNACIONAIS 

 

 

Braga – Portugal 

 

Ultrapassando as fronteiras nacionais e partindo para outro continente, uma indicação para o período de outubro a dezembro, é a cidade mais antiga de Portugal.  

Braga, com seus aproximados 2000 anos de existência, é uma viagem no tempo à época dos palácios, grandes santuários e, claro, imensos jardins que ganham um tom alaranjado no outono europeu. 

Apesar de antiga, a cidade mistura a arquitetura dos velhos tempos com o ar moderno, sofisticado e cheio de cultura da juventude local. As construções históricas, se misturam com os parques, restaurantes e movimento de cidade grande, deixando o passeio melhor ainda. 

E como se não bastasse, está próxima a outros destinos na região, inclusive um pedacinho da Espanha, o distrito Viana do Castelo.  

 

 

Arizona – Estados Unidos 

 

Enquanto é primavera no Brasil, nos Estados Unidos começa o ciclo do outono. 

Isso significa que o clima é mais ameno e, aos poucos, o calor intenso do verão dá lugar ao ar freso e a vegetação se transforma.  

Por isso, é uma ótima chance de ir a destinos no Arizona, afinal o estado é cheio de belezas naturais, montanhas, lagos, praias, picos, rios, pinheiros e uma das sete maravilhas do mundo, o Grand Canyon.  

Passeios pelas cidades como Phoenix, Prescott, Flagstaff, vão revelar, além das folhas avermelhadas da estação, uma cultura incrível nessa época do ano. Se prepare para responder: doces ou travessuras? 

Pois é, no fim de setembro e começo de outubro, todo o país começa a se preparar para a chegada do Halloween e você não vai querer perder essa festividade contagiante! 

 

 

Bariloche – Argentina 

 

Apesar de ser um destino famoso no inverno, Bariloche fica ainda mais encantadora na primavera. O que acontece, na verdade, é uma emocionante e impactante mudança de cenário: das montanhas cobertas de neve, surgem as cores da natureza em seu florescer. 

Sim, a primavera na Argentina revela uma quantidade de flores, árvores, animais, lagos e rios que estavam, literalmente, congelados na estação passada e essa paisagem pode te surpreender. 

É a época ideal para cavalgadas nos campos, trilhas, pesca, tirolesa, caiaque e muitos outros passeios diferentes do snowboard que domina o inverno. 

No fim de setembro, é possível acompanhar essa mudança gradativa, ainda passando por pontos nevados, ao mesmo tempo que encontra na paisagem os campos floridos.  

É lindo! 

 

 

Atacama – Chile 

 

Flores no deserto? Sim! Esse é o poder da primavera no extremo norte do Chile, pertinho do Brasil. 

O Deserto do Atacama, assim como qualquer outro deserto, tem a característica de ter temperaturas extremas. Na primavera, a transição do inverno para o verão torna essas mudanças menos bruscas e, pela baixa temporada, o movimento (e os preços) também diminuem.  

Tudo isso permite um leque de atividades ainda maior, com caminhadas, mergulhos, observação de estrelas, parques e muito mais!  

Porém, o que realmente brilha na estação são as flores. O deserto que passa boa parte do ano seco, na primavera revela campos coloridos, surpreendendo os aventureiros que passam por lá. 

 

 

África do Sul 

 

Da costa de Hermanus, para observar baleias, aos safaris na Cidade do Cabo, onde acontece, em outubro, a Grande Migração: a África do Sul é um excelente destino na primavera. 

Isso porque, no país, é a época que as temperaturas começam a esquentar e as chuvas diminuem, dando a possibilidade dos melhores passeios pela natureza exuberante de lá e a chance de presenciar fenômenos naturais incríveis. 

Além disso, o destino é riquíssimo de cultura e história, como o passeio a ilha Robben, prisão onde Nelson Mandela ficou preso e que hoje é um museu famoso na Cidade do Cabo. 

A capital, em si, é uma boa pedida pela variedade de atrações, paisagens exuberantes com montanhas e praias, museus, castelos, trilhas, parques, restaurantes, bares e pessoas de todos os lugares do mundo! 

 

 

CONHEÇA O SEU DESTINO PREFERIDO!

 

Qual o seu destino preferido? Um especialista pode te levar para essa viagem! 

Seja nacional ou internacional, garanta as melhores condições de viagens com a Belvitur, há 58 anos levando pessoas para conhecer o mundo. 

Entre em contato com um especialista agora mesmo clicando aqui e comece a planejar sua viagem na estação mais colorida e apaixonante do ano.